- Atualizado em

Sindicatos de Ponta Grossa contribuem para a abertura de novos leitos

O Sindusmadeira e o Sindimetal de Ponta Grossa ajudaram na compra de kits com respiradores e monitores

compartilhe

por Priscila Aguiar

Como uma forma de contribuir com o município e a sociedade, o Sindimadeira e o Sindimetal de Ponta Grossa mobilizaram indústrias para ajudar na abertura de mais de 20 vagas em hospitais da cidade para o atendimento a pacientes de Covid-19. “Em parceria com outras entidades, nos comprometemos a auxiliar com a compra de conjuntos de respiradores; em contrapartida, a gestão municipal e a Secretaria de Saúde do Estado disponibilizarão a estrutura para que novos leitos possam ser abertos”, explica Álvaro Luiz Scheffer, presidente dos dois sindicatos. 

Entre março e maio, 22 conjuntos com respiradores e monitores já foram doados à Prefeitura de Ponta Grossa, que deve direcioná-los para novos leitos na UPA Santa Paula, no Hospital Dr. Amadeu Puppi, na Santa Casa de Misericórdia e no Hospital Bom Jesus. Dos kits entregues, dois foram adquiridos pelo Sindimadeira e pelo Sindimetal. 

Sindicatos e indústrias da região se mobilizam para doação de kits com respiradores

Priscila Garbelini Jaronski, diretora-executiva das duas entidades, explica que as empresas podem contribuir com o ressarcimento dos valores investidos pelos sindicatos. “Há, ainda, a possibilidade de ajudar de outras maneiras, como com doações de EPIs ou outros materiais fundamentais para as equipes de saúde”. 

Mas o engajamento do Sindimadeira e do Sindimetal para o enfrentamento da pandemia não é de agora. Álvaro lembra que, desde os primeiros casos de Covid-19 na localidade, os dois sindicatos sempre estiveram próximos das indústrias, orientando em relação às medidas preventivas e auxiliando na padronização dos protocolos de segurança. “Com isso, os estabelecimentos industriais fizeram uma série de adaptações para que os trabalhadores ficassem ainda mais protegidos”, explica o presidente.   

Porém, com o avanço da Covid-19 na região dos Campos Gerais, percebeu-se a necessidade de ampliar a atuação. “Fomos conversar com representantes do município para entender de que forma poderíamos contribuir e eles nos falaram sobre a necessidade de abertura de novos leitos. Então rapidamente mobilizamos o setor industrial para a compra de equipamentos”, conta. O foco, desde o início, foi o de salvar vidas.  

Priscila também reforça que ações como essa são essenciais para que os hospitais do município, sobrecarregados com pacientes de toda a região, possam sair do estado de colapso. “Esses novos leitos, aliados a medidas de distanciamento e prevenção, nos ajudarão a enfrentar esse momento tão delicado”, comenta.  

Também participaram da ação o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa (CDEPG), a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), além da própria Prefeitura de Ponta Grossa. Até o momento, 16 empresas já contribuíram com a aquisição dos equipamentos: Ambev, Arauco, Cooperativa Agrícola, Cooperativa Union – Frísia, Crown Embalagens, DAF Caminhões, Engie, Grupo Águia, Heineken, LP Brasil, Makita, Sindimadeira, Sindimetal, Sindiponta, Tetra Pak e Yara. 

Apoie a iniciativa 

Agora, o grupo se preocupa em viabilizar a aquisição de bombas de infusão e de medicamentos essenciais para a recuperação de pacientes de Covid-19.  Para contribuir com a iniciativa, envie um e-mail para sindicatospontagrossa@gmail.com

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política. Saiba mais.