- Atualizado em

No bairro da indústria, para a indústria

Conhecida pela formação de profissionais para o setor e serviços de segurança e saúde, a unidade da CIC está em constante atualização e é também referência em inovação

compartilhe

por Ana Clara Tonocchi

A boa formação, o conhecimento, o aprendizado constante, o atendimento qualificado e a busca permanente por inovação são fatores determinantes para a melhoria constante da qualidade de vida da população. E é isso que a unidade do Sesi e Senai faz na CIC, criando melhores condições para milhares de pessoas.

Rafael Greca

prefeito de Curitiba

O maior bairro de da capital paranaense em área geográfica é também o mais populoso. A Cidade Industrial de Curitiba foi criada em 1973, com o objetivo de centralizar as indústrias do município. Apenas três anos depois, em 1976, foi inaugurada a unidade do Sistema Fiep para capacitar os profissionais que atuariam nessas indústrias. 

O governador do Paraná, Ratinho Júnior, também ressalta a importância da unidade para a região. “Se o Paraná tem conquistado bons resultados no desenvolvimento industrial, mesmo durante a pandemia, muito se deve ao trabalho de excelência da instituição na formação e encaminhamento de mão de obra capacitada para atuar nas empresas paranaenses”, afirma. 

Tania Mara Rinaldi, gerente da unidade, reforça que o objetivo sempre foi proporcionar o que as indústrias precisam, se adequando às novas demandas. “Procuramos desenvolver projetos que trazem benefícios às indústrias, por meio do desenvolvimento de tecnologia e a interface entre as empresas e as áreas de conhecimento”, conta. “Somos um dos principais formadores de trabalhadores para as indústrias”, aponta a gerente. “O Sistema Fiep é referência para as indústrias da região e conta com expertise consolidada nas áreas em que atua, sendo um parceiro essencial em diversos trabalhos que realizamos, como consultorias e programas desenvolvidos em conjunto, especialmente com foco em educação, visando a formação de profissionais qualificados para o setor industrial”, afirma Paula Pessoa, gerente de Recursos Humanos da Bosch em Curitiba. 

Em seus mais de 53 mil metros quadrados, a unidade ainda consegue atender indústrias de forma personalizada, fornecendo espaços que funcionam como verdadeiras continuações das empresas, como Renault, Electrolux e Eletrofrio. 

Celso Luiz Gusso, presidente da Associação das Empresa da Cidade Industrial de Curitiba (AECIC), conta que estão em constante diálogo com representantes do Sistema Fiep para levar a demanda das indústrias e fazer uma força-tarefa para promover a profissionalização dos jovens e a melhoria da região. “Uma das relações mais importantes entre a AECIC e o Sistema Fiep é referente ao ensino técnico. As empresas já estão preparadas e equipadas, mas o material humano ainda é um dos principais fatores de sucesso de uma indústria e, por isso, precisamos de colaboradores qualificados”, afirma.  

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja a nossa nova Política. Saiba mais.